Theratogs | Paralisia Cerebral Atetoide/Discinética

Paralisia Cerebral Atetoide/Discinética

Principais Usos do Theratogs

Paralisia Cerebral Atetoide/Discinética

Como TheraTogs pode auxiliar no manejo da paralisia cerebral atetoide/discinética?

A presença de movimentos contínuos e não controlados interfere na aquisição e manutenção de controle postural e no uso efetivo dos membros. Visto que o controle postural – a habilidade de sustentar uma postura enquanto realiza atividade intencional – é a base da aquisição de movimentos, recomendamos que se comece a utilizar roupas TheraTogs para apoiar a aquisição de componentes fundamentais ao controle e alinhamento do tronco e pelve em todas as posições, melhorando a percepção corporal e os estímulos somatossensoriais.

Sistemas TheraTogs aplicáveis

Estes produtos TheraTogs apoiam as metas terapêuticas para crianças com paralisia cerebral atetoide/discinética:

  • Sistema de Postura e Alinhamento do Tronco
  • Sistema Full Body – vem com componentes para aplicação de faixas nos ombros
  • Sistema Wunzi – para bebês e crianças em idade pré-escolar
    Ciências aplicáveis:
  • Cinesiologia
  • Controle postural
  • Processamento e modulação de informações somatossesoriais
  • Plasticidade neural: mapeamento cortical e prática repetitiva

Abordagens terapêuticas aplicáveis:

  • Tratamento de Neurodesenvolvimento
  • Abordagem Percepção-Ação (P-A) (anteriormente TAMO -Tscharnuter Akademie para Organização Motora)
  • Abordagem Integração Sensorial

A paralisia cerebral discinética, um subtipo extrapiramidal que compreende movimentos involuntários e flutuações no tônus muscular, inclui dois subgrupos: atetose e distonia.[1] A paralisia cerebral atetoide discinética ocorre em aproximadamente 15% das pessoas com paralisia cerebral. [2]

Indivíduos afetados apresentam dificuldade em manter posturas e equilíbrio ao sentarem, de pé e ao andarem. Movimentos indesejados interferem com o uso intencional e seletivo dos músculos, pioram com o estresse ou agitação e cessam durante o sono.

A paralisia cerebral discinética atetoide está primariamente associada com danos aos gânglios da base ocorridos durante o desenvolvimento cerebral.

No Comments

Post A Comment